segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Eleições Internas no PT - Partido dos Trabalhadores de Muriaé

         Teve  ontem (22 /11) as eleições internas para a presidência  do diretório municipal, estadual e nacional dos Partido dos Trabalhadores.     A disputa em Muriaé que prometia ser das mais apertadas, se tornou uma mera formalidade com chapa única para o diretório municipal.  Depois da renúncia da Chapa Rumo ao Progresso as eleições perderam emoção e vibração. A vitória de Joel Abreu, não se deu pela disputa de votos e sim pela melhor estratégia e articulação nos meses que se antecederam as eleições. A Chapa Reconstruindo o PT, vitoriosa,  trabalhou a política da conversa e do convencimento junto aos filiados.  Pesou na derrota,  o desgaste natural do Grupo que comandava o Partido  por mais de oito anos . Nesses oito ou mais anos,  o PT não fez mais vereador e teve sua votação reduzida  representando queda de credibilidade junto ao eleitor. Além do mais, perdeu seus melhores quadros:  Jair Abreu e Zélia Couri.
         Me arrisco afirmar que;  com  a chegada do "Grupo Igrejeiro" na direção  do PT de Muriaé   não  se perderá a oportunidade de se fazer uma grande  campanha de filiação trazendo para o PT  as melhores cabeças e os mais numerosos trabalhadores.  Quanto as eleições de Muriaé sairam vitoriosos , além de Joel Abreu,   Padre Jõao na disputa  estadual e José Eduardo Dutra no âmbito nacional. Foram  votados ainda, Reginaldo Lopez e  Gleber Naime

2 comentários:

Anônimo disse...

Joel teve nosso voto. Padre João esperamos não estar envolvido com a "banda podre". Dutra este não tem como negar, faz parte da quadrilha que desonra o partido.

Anônimo disse...

Comentário ouvido de uma senhora, pobre mas esclarecida, do bairro São Cristovão:
"Não é a bolsa familia que vai comprar minha moral".