domingo, 11 de julho de 2010

Viagem ao Parque Nacional do Caparaó






Estive ontem com alguns alunos do CCEM- Centro Cenecista Educacional de Muriaé no Parque Nacional do Caparaó. O objetivo da viagem era desenvolver uma aula de campo capaz de trabalhar na prática a teoria aprendida em sala de aula. Sendo assim, foi possivel fazer exposições sobre o clima e vegetação, dando enfâse na influência da altitude na temperatura. e vegetação. Algumas espécies de plantas, musgos e liquens também foram registradas, destacando as alterações sofridas pela vegetação a medida que se elevava a altitude.

Os alunos puderam aprender sobre a história local com destaque para o episódio que ficou conhecido como " Guerrilha do Caparaó", acontecimento histórico de grande relevância, porém esquecido pelos livros didádicos. Segundo o historiador José Caldas da Costa que escreveu o livro Caparaó: a primeira guerrilha contra a ditadura :

" Não mais de vinte homens, quase todos ex-militares, participaram da primeira guerrilha contra a ditadura militar no Brasil. Dois anos depois do golpe de 1964, apoiados por Leonel Brizola, então exilado no Uruguai, tentaram estabelecer um foco na serra do Caparaó, na divisa entre Espírito Santo e Minas Gerais. Uma tentativa de recriar, no Brasil, uma Sierra Maestra, uma guerrilha como a cubana, que a partir de um pequeno grupo bem articulado promoveu uma revolução. Além da perseguição militar e policial, enfrentaram sua inexperiência para sobreviver no ambiente inóspito escolhido para a ação, a desconfiança dos camponeses – que tentaram, sem nenhum sucesso, arregimentar – e as divergências internas, quando o idealismo dos primeiros instantes progressivamente vacilou. Em 1º de abril de 1967 os guerrilheiros foram capturados, numa emboscada organizada pela PM mineira. "

A viagem ao Parque Nacional do Caparaó foi uma importnte atividade interdiciplinar que contou com a presença do professor Salomão Brandi que na parte da biologia deu um verdadeiro show de construção de conhecimentos...

Um comentário:

Aurelio Sinigalhe disse...

gostei muito do passeio e aprendi bastante sobre vegetacão e clima