quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Direita do Brasil a caminho de uma vergonhosa derrota

Pelo que apontam as pesquisas as velhas oligarquias políticas que comandam o DEM e o PSDB deverão sofrer uma derrota humilhante nas urnas no dia 3 de outubro. os velhos caciques já não possuem a envergadura política de outros tempos e tendem a perder espaços para as novas lideranças oriundas dos campos da esquerda e centro.

Já era tempo da população dar um basta na farra eleitoral que essa gente fazia em épocas de eleição. As derramas de dinheiro, a distribuição de camisetas e brindes, e os megas showmicios são coisas do passado. hoje conta a origem, o trabalho e as propostas do candidato. já não podemos dizer que as eleições dependem apenas de dinheiro. É preciso além do dinheiro, uma biografia e uma história de lutas junto a população.O Povo já não é tão bobo como antigamente e a legislação eleitoral está mais rigorosa.

Segundo o sociólogo Rudá Ricce : " Vai sobrar Aécio Neves, em Minas, Kátia Abreu em Tocantins, talvez Roseane Sarney (embora no PMDB) no Maranhão. Cesar Maia corre o risco de não se eleger, assim como Agripino Maia e outros caciques. A nova geração de centro-direita, esperança de um revigoramento da oposição, será arrasada nas eleições. Levará no mínimo oito anos para se recompor a oposição, com todos os inconvenientes que trará para o aprimoramento democrático do país." Isso ele fala com base nas análises de João Francisco Meira, diretor presidente do Vox Populi.

Vamos ver essa derrota e aplaudir. Afinal, o atraso que o Brasil viveu em sua história recente é de responsabilidade daqueles que governavam apenas para alguns e não para a maioria como fez o Lula.

Nenhum comentário: