sexta-feira, 1 de outubro de 2010

PIMENTEL ESTÁ COLHENDO O QUE PLANTOU !

O ex prefeito de BH e candidato a senador na chapa de Hélio Costa e Patrus, Fernando Pimentel, está caminhando para uma vergonhosa derrota nessas eleições. A história desse pleito poderia ser diferente se o candidato não tivesse colocado seu projeto pessoal acima dos interesses do partido nas eleições de 2008, para a prefeitura da capital mineira.

Naquele ano, depois de vários mandatos bem avaliados do PT na prefeitura de BH, o ex. prefeito se aliou aos tucanos (sob a liderança de Aécio) e abriu mão da cabeça de chapa em favor de Marcio Lacerda(ex secretário do governo Aécio), que acabou ganhando as eleições. Ao meu ver, o ex. prefeito quiz agradar o então governador pensando em conseguir o seu apoio nas eleições de 2010. O atual candidato ao senado queria ser candidato a governador com o apoio de petistas e tucanos...(quanta ingenuidade)

O então governador Aécio foi dando corda e até fez declarações onde ressaltava as boas relações que tinha com Pimentel. Esse, por sua vez, pavimentava sua candidatura fazendo filiações em massa ao PT da capital, visando dominar a máquina partidária e se tornar candidato absoluto do partido. Porém, o que conseguiu foi um racha no partido. As correntes mais progressistas não engoliram o pragmatismo eleitoreiro e exigiram as prévias, que foram disputadas entre Pimentel e Patrus. O ex. prefeito, com apoio do presidente do Partido ganhou as prévias...mas não levou.

Hoje, Pimentel tem perdido votos dos petistas coerentes que não confiam em Pimentel e muito menos se mobilizam por sua eleição. Aécio, por sua vez, virou-lhe as costas e puxou-lhe o tapete abandonando-o à sua própria sorte. Pimentel se acha acima do partido, tanto é , que faz campanha isolada da majoriatária, o que foi um erro estratégico. Muitos peemedebistas e petistas estão chatedos e não vão votar no ex. prefeito de BH . Sendo assim, o Pimentel caminha para uma derrota que vai coloca-lo menor dentro do partido, o que é uma pena, pois, se ele não tivesse entregado a prefeitura de BH de mãos beijadas ao Aécio, hoje a história desse pleito, com certeza seria outra.

E por falar em Partido dos Trabalhadores, é preciso uma profunda reflexão sobre os seus rumos em Minas Gerais, dividido como está ...não chega a lugar algum. O ano de 2012 já desponta no horizonte e se queremos recuperar a prefeitura de BH e ganhar outras é preciso que se tenha propostas que contemplem um projeto coletivo e não um projeto de cunho pessoal a exemplo do que fez Pimentel. Esse, por sua vez está colhendo o que plantou...coitado.


Nenhum comentário: