domingo, 27 de março de 2011

SETOR SOCIAL DA DIOCESE DE LEOPOLDINA SE REUNIU EM MURIAÉ

o Setor social da Diocese de Leopoldina se reuniu  hoje,  domingo, 27/03, na Casa das Pastorais Sociais para deliberar sobre assuntos importantes referentes ao trabalho das Pastorais e Movimentos sociais da Diocese de Leopoldina. Estiveram presentes representantes de Ubá, Leopoldina e  Muriaé e Rosário da Limeira que participaram ativamente dos trabalhos que foram coordenados pela equipe de Muriaé formada por Antõnio Maria Fortini, Sandro Carrizo, Vinicius Ventura e Frei Davi.

Usando o tradicional método "Ver, Julgar e agir", o encontro foi dividido em três momentos. O primeiro momento foi dedicado ao resgate histórico do Setor Social da Diocese de Leopoldina lembrando os desafios e as lutas travadas nos últimos 20 anos por Pastorais e Movimentos sociais presentes na delimitação geográfica da Diocese. 

No segundo momento foram feitas reflexões que trouxeram a tona a problemática que atinge o setor Diocesano de Pastoral. Aspectos dificultadores foram levantados pelos participantes que destacaram que a maior motivação para os trabalhos se encontram na espiritualidade libertadora e mística de transformar o Mundo em um lugar melhor para se viver.

No momento de trabalhar o agir foram apresentadas inúmeras sugestões dentre as quais se destaca a realização de uma Assembléia Diocesana do Setor Social. Nessa instância serão aprovadas as propostas surgidas na reunião de hoje.  A partir daí uma nova configuração para o Setor Social deverá surgir. As reuniões acontecerão mensalmente  com a criação do Fórum das Pastorais e Movimentos Sociais. Além disso, nessa Assembleia será constituida a nova coordenação para o Setor.

Quanto a Casa das Pastorais e suas dificuldades,  foi definido que é prioridade que é prioridade  para o Setor Social. Foi proposto a elaboração de projetos de sustentabilidade e formação como alternativas de atuação da Casa em um projeto de conjunto onde todas entidades possam estar inseridas

Nenhum comentário: