domingo, 11 de março de 2012

MOVIMENTO PRÓ CULTURA DEFINE SUAS PRÓXIMAS ATIVIDADES


O Movimento Pró Cultura esteve reunido  nesse sábado (10/03) em sua Biblioteca Comunitária no sentido de planejar e dar continuidade aos seus trabalhos. Com projetos no campo do audiovisual, teatro, dança, capoeira, percussão  e biblioteca comunitária,  a ONG   atua no bairro Aeroporto e atende crianças e adolescentes de 06 à 18 anos de idade. Nos últimos dois anos desenvolve o Projeto Ponto de Cultura e recentemente teve seu projeto aprovado pela Lei Municipal de Incentivo a Cultura 

A reunião iniciou-se com oração e boas vindas dadas por esse blogueiro. Também foi realizada uma singela homenagem a mulheres presentes ( Ana Paula, Marlúcia, Eva e Denise) que representam todas mulheres que contribuem com o desenvolvimento das atividades da entidade. Disse a elas que o Movimento só chegou até onde chegou é porque possui em suas fileiras mulheres de muita força , compromisso e dedicação, nesse momento só resta agradecer e homenagea-las  em seu dia....  Sinceramente, se não fosse por elas eu não estaria escrevendo esse pequeno texto.

Dentre as propostas apresentadas pelos participantes se destacam,  a realização da 2ª Mostra Cultural da Periferia e também o Festival do Minuto que deverá acontecer nos dias 17, 18  e 20 de março em Muriaé e também em Bom Jesus da Cachoeira . O Festival têm entrada franca e faz parte da rede nacional de exibição que acontece simultaneamente em todo Brasil. É a segunda vez que o Pró Cultura realiza o Festival e esse ano ampliou o número de apresentações e diversificou os espaços de exibições.

Quanto ao Bloco do Papagaio ficou decidido um desfile no Sábado de Aleluia e terá como trajeto as Ruas Santos Dumont, Lica Múglia e encerramento na Vila Cavalhier em frente à Mercearia Brasil.  O desfile acontecerá a pedidos dos moradores da Vila Cavalhier que não foram contemplados com a passagem do Bloco no Desfile do Carnaval. A ideia é valorizar a Comunidade promovendo a cultura no despertar do sentimento de pertencimento entre seus moradores.

Outro ponto discutido foi a nova proposta da Oficina de Audiovisual que apresentou a disposição de realizar Oficinas Itinerantes pelas escolas do bairro e adjacências. Segundo o coordenador de audiovisual a "... ideia é atender um maior numero de adolescentes possível levando os trabalhos até eles é uma forma de dinamizar e potencializar a produção do audiovisual pelo Movimento Pró Cultura. Vamos fazer um piloto com material gráfico próprio e se der resultado positivo vamos multiplicar nossos atendidos."

Nenhum comentário: