segunda-feira, 1 de julho de 2013

MOVIMENTO PRÓ CULTURA TEVE PROJETO APROVADO NO CONSELHO ESTADUAL DE DEFESA DOS DIREITOS DA CRIANÇA E ADOLESCENTE

O Movimento Pró Cultura teve mais uma vez seu trabalho reconhecido com a aprovação do seu projeto  "Oficinas de Vida e Arte" pelo CEDECA- Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Criança e Adolescente do estado de Minas Gerais. O resultado foi publicado no Diário Oficial do dia 29 de julho de 2013 que apresentou a relação os projetos aptos a receberem recursos do FIA/MG ( Fundo de Defesa  da Infância e Adolescência de Minas Gerais).

O Movimento Pró Cultura é uma entidade com base de atuação no bairro Aeroporto e trabalha com diversas atividades artísticas e culturais como meios de inclusão social e desenvolvimento da cidadania. A entidade também atua na área de controle social participando ativamente dos diversos Conselhos de Políticas Públicas do Município de Muriaé.

Com a aprovação de mais esse projeto,  o Pró Cultura irá expandir suas atividades incorporando uma oficina  Hip Hop  e fortalecendo as que já existem.  Com destaque para a atuação dos trabalhos de  Biblioteca Comunitária,  as novas atividades previstas no projeto aprovado possuem um viés voltado para o desenvolvimento do sentimento de pertencimento e defesa dos direitos de crianças e adolescentes do bairro Aeroporto e redondezas.

 A aprovação do projeto "Oficinas de Vida e Arte" se deu   por meio de Chamada Pública,  realizada através do Edital 01/2013, onde centenas de projetos foram inscritos e apenas alguns foram selecionados e dentre eles,  está o apresentado pelo Movimento Pró Cultura. Tal aprovação comprova a seriedade e a capacidade técnica da entidade no processo de elaboração, aprovação e execução de projetos de cunho socioculturais.

 A proposta consiste no  desenvolvimento de  cinco oficinas  de cunho artístico/cultural na perspectiva de atender a  população infanto-juvenil do bairro periférico da cidade de Muriaé. Por meio da formação artística e  do fortalecimento cultural da comunidade  pretende-se  combater a violência defendendo os direitos das crianças e adolescentes ameaçadas por sua situação social. 

Na oportunidade agradecemos a coordenação e aos amigos da entidade que acreditaram  fornecendo declarações de apoio ou parcerias. Destacamos o apoio da FUNDARTE, nas pessoas de Fernando Paixão e Gilca Napier, ao CRAS/ Aeroporto,  na pessoa de Poliana Montezano, ao CMDCA, na pessoa de Graziele Fortine, a Secretaria de Desenvolvimento Social,  na pessoa da Secretária  Municipal Claudia , a Associação de Moradores do Aeroporto, na pessoa de seu presidente Binha.   

 Agora, o projeto seguirá para a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social para a efetivação do Convênio e liberação dos recursos. 

Vejam os projetos aprovados no link abaixo:  

Nenhum comentário: