terça-feira, 6 de maio de 2014

CONSIDERAÇÕES SOBRE A REUNIÃO QUE TRATOU DA ADEQUAÇÃO DA JORNADA DE TRABALHO NA REDE MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO

Na reunião que participamos hoje de manhã no Centro Administrativo muitas questões foram debatidas e vou tentar fazer um breve relato das discussões e das decisões tomadas em relação ao aumento ou redução da jornada em sala de aula.

1 - Com relação aos professores do 1º ao 5º haverá opção de escolha pelo aumento ou redução da Jornada. 
-No caso de redução o Professor terá 16 horas com os alunos, Uma hora de reunião semanal e contratação de professor substituto para suprir a redução da jornada daquele educador. O professor substituto trabalhará psicomotricidade e educação física. 

- Caso o professor faça a opção pelo aumento da carga horária semanal para 30 horas . A jornada será assim dividida: 20 horas de interação com os alunos. Uma hora de reunião semanal e 09 de atividades extraclasse, Para compensar este aumento está sendo oferecido como adicional o valor de R$ 196,00 nos quais irão ter a inserção de vantagens como progressões, adicionais por qualificação e quinquênios...Este valor será sobre o Piso e o Professor irá levá-lo para aposentadoria .


OBS: No caso de professores do campo que optarem pela redução eles serão remanejados por ofício para escolas da cidade.


2- No caso de professores dos anos finais do Ensino Fundamental também prevalece a opção de escolha pelo aumento ou redução da jornada laborada.


- No caso de professores que optarem pela redução serão 16 horas em sala de aula mais duas de exigência curricular no caso de História, Geografia, Ciências. Por estas exigências estão sendo oferecidos o valor de R$ 110,00. No caso de Português e Matemática as exigências curriculares serão de 4 aulas semanais, para as quias estão sendo oferecidos o valor de R$ 220,00 


- No caso de optarem pelo aumento da carga horária para 30 horas, não haverá exigência curricular, devido as alterações na grade curricular que serão feitas. Pelo aumento da jornada estão sendo oferecidos os mesmos R$ 196,00, nos quais insidirão todas as vantagens da carreira, já citados acima


OBS: Ficou acertado que serão feitas mudanças na legislação para que os professores que se aposentarem, também levem os valores da exigência curricular para a aposentadoria. Porém, ainda não está certo que poderão ser inseridos as vantagens da carreira como no caso da outra opção pelo aumento.


3- Questionei a situação dos professores readaptados, se eles teriam opção de escolha. A resposta foi que não haveria opção pelo fato de terem de cumprir a jornada integral no local do trabalho, ou seja, não possuem atividades extraclasse. Portanto não há porque optar. Porém, no caso de retorno à sala de aula, aí sim, teriam o direito de opção.


4- Uma questão é certa , ainda não foi batido o martelo em relação a valores e redação final do texto a ser enviado para a Casa Legislativa. Tal fato se deu pela questão dos professores dos anos finais estarem com uma carga horária maior, e recebendo menos que os R$ 220,00 oferecidos pela exigência curricular dos professores dos anos finais do EF. Foi apresentado a proposta de fazer uma média entre os valores ( 196,00 e 220,00) , garantindo a todos professores, sejam eles dos anos iniciais ou finais, a equiparação salarial. O retrocesso, onde uns ganham mais que outros, não pode ocorrer e por isso será feito uma consulta em relação ao orçamento para que não seja criada uma distorção tão nociva à categoria.


- Uma nova reunião da comissão de discussão ficou agendada para próxima segunda feira às 14 horas no Centro Administrativo. Pretendemos, nesta reunião, acertar os detalhes para que as definições sejam levadas para a categoria, através de uma ampla assembleia, para que os maiores interessados , que somos nós professores, possamos aprovar ou não o que está sendo proposto.


- De ante mão, reafirmamos nosso compromisso de acompanhar as discussões , contribuindo com sugestões, críticas ou mesmo discordâncias no sentido de chegar a uma proposta que, mesmo que não seja o ideal, mas, que pelo menos, seja a melhor possível...

Nenhum comentário: