sábado, 12 de julho de 2014

COMITÊ PELA REFORMA POLÍTICA REALIZA ENCONTRO COM LIDERANÇAS EM LEOPOLDINA





Ontem, 11/07, o Comitê Popular pela Reforma Política Pe. Agostinho realizou um encontro com lideranças regionais,  na cidade de Leopoldina. Tal encontro teve o objetivo de promover a capacitação e formação de pessoas engajadas na Campanha Nacional pela Reforma Política. Com a presença de uma representante do Comitê Estadual o encontro foi importante no sentido de organizar e articular a formação de novos Comitês, que farão a coleta de assinaturas para o projeto de iniciativa popular pela convocação de uma Constituinte Exclusiva e Soberana para a realização da tão desejada Reforma Política. Estiveram presentes representantes de Muriaé, Leopoldina, Cataguases, Dona Euzébia, Miradouro e Ubá.

O encontro iniciou-se com a fala da Professora  Priscila, membro titular do Comitê Estadual  que esclareceu dúvidas sobre o processo de mobilização da população em torno da iniciativa popular. Em seguida, os presentes tiveram a oportunidade de apresentar propostas para dinamizarem as ações no âmbito regional. Então, ficou deliberado a formação de um Comitê local em Leopoldina com a participação de algumas entidades que estavam presentes como o Sind-UTE ( Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais - Subsede de Leopoldina) , a OSCIP -  FELIZCIDADE , Associações de Moradores, representantes da Câmara de Vereadores e membros da população em geral.

Na ocasião, os membros do Comitê Popular pela Reforma Política Pe. Agostinho apresentaram os andamentos dos trabalhos em Muriaé e aproveitaram a oportunidade para convidar a todos para o ato da instauração oficial do Comitê que ocorrerá no dia 25 de julho, durante a abertura do Curso de Férias, que debaterá , durante três dias, o tema " Fé e Política : Justiça e Paz se Abraçarão". Foi informado também, a intenção de ir para as ruas de maneira organizada e pacífica, durante a Semana da Pátria para dar visibilidade para a campanha de coleta de assinaturas para o Projeto de Lei e,  ao mesmo tempo, coletar votos para o Plebiscito Popular pela Reforma Política.

Nenhum comentário: