quarta-feira, 2 de julho de 2014

UMA BOA NOTÍCIA PARA O SETOR CULTURAL DE MURIAÉ


A Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira, 1 de Julho, o projeto que institui a Política Nacional de Cultura Viva. Apesar das divergências entre parlamentares da base governista e da oposição, os deputados chegaram ao consenso da importância da votação do projeto e, por unanimidade dos presentes, aprovaram a versão que veio do Senado.

A ministra da Cultura, Marta Suplicy, ressalta que a aprovação do projeto era esperada há muito tempo pela classe cultural por consolidar em política de Estado os Pontos de Cultura.  "Os Pontos de Cultura são o que há de mais inovador e mais próximo da cultura brasileira. São aquelas pessoas que não têm a musculatura para poder produzir cultura ou até ter sustentabilidade e, com este aporte de recursos do governo, conseguem uma autonomia e, depois saem do Ponto de Cultura para ter sua autonomia financeira fazendo cultura", destaca a ministra.

Trata-se de uma boa notícia pois,  aqui em Muriaé,  temos apenas um Ponto de Cultura, que é o Movimento Pró Cultura, do bairro Aeroporto. Com a aprovação do projeto e continuidade dos Pontos de Cultura, novos editais serão lançados e novas iniciativas locais poderão ser contempladas e reconhecidas como Pontos de Cultura. Assim,  garantiriam o apoio financeiro e novas oportunidades de potencialização dos trabalhos.  Várias organizações culturais de nosso município possuem o perfil adequado para serem Pontos de Cultura, agora é aguardar e participar!

O Movimento Pró Cultura é uma instituição que atua há mais de 15 anos no bairro Aeroporto e oferece serviços de Biblioteca Comunitária, mantem um Centro Comunitário e desenvolve várias oficinas com a população local. Atualmente acontecem oficinas de percussão e capoeira e a partir da segunda quinzena de julho iniciam-se aos oficinas de hip hop, dança e audiovisual. A entidade participa de Conselhos de políticas Públicas onde exerce o controle social representando a sociedade civil organizada . 

MAIS INFORMAÇÕES:



Nenhum comentário: